ParanáCine

TÍTULO

A cruz de Kabinda

DIREÇÃO

Fernando Nasser

______________________________

Curta-Metragem (15'50')
Ficção

Londrina, 2012

Passa-se em um antigo engenho de cana de açúcar, durante o ano de 1888. O tema desenvolve-se em torno de um escravo, chamado Kabinda, que embora sendo bom trabalhador, honesto e consciente da sua condição social, viveu sob intensa pressão escravagista, imposta principalmente pelo feitor de escravos Abdias, como vingança às frustradas tentativas de sedução da escrava Mina, namorada de Kabinda. Era obrigado a executar trabalhos braçais que ultrapassavam a capacidade de resistência humana. Foi submetido a torturas, privações de liberdade, fome, chibatadas e maldades que, a final, o levaram à morte. Seus companheiros de infortúnio enterraram-no à beira de uma estrada, colocando como epitáfio apenas uma rústica cruz. Muitos anos depois, ao final de uma tarde de verão, passeando por essa estrada, um alegre casal com sua filha pequena se depara com aquela cruz à beira do caminho. A mulher divagando como teria sido a vida e a morte da pessoa ali enterrada esboça uma oração, recebendo estranhos fluidos que a deixaram muito assustada.


Ficha Técnica
Produção StarBras Produções Audiovisuais // Luxom Filmes Ltda.
Direção e roteiro Fernando Nasser
FotografiaJosé Dias Lima
Arte Ana Paula Rana
Elenco Alex Martins (feitor), André Demarchi, Gabriela P Souza, Giovanna H E Souza, Ivo Júnior, Mayara Dionísio, Márcio Aurélio (Kabinda), RenataTorres (Mina - atriz de Luanda/Angola) e Rodrigo Julião

Filmes
Trailers
Making of
Notícias

Breve histórico do cinema paranaense
Pioneiros do cinema paranaense
Produtoras
Publicações

Cadastre-se
Fale Conosco